quarta-feira, 18 de março de 2020

Corona vírus e crise econômica/ Dicas para quem vai ficar em casa

O corona vírus ocasionou muitas medidas tomadas pelo poder público - com o apoio de diversos setores da sociedade - voltadas a paralisações de muitas atividades não essenciais. 

Com certeza, profissionais liberais, empresários e trabalhadores assalariados do setor privado vão tomar um golpe em suas finanças pessoais.

Felizmente, enquanto servidor público, recebo meu salário normalmente e claro, possuo risco zero de exoneração. Digo isso com todo o respeito e com toda a humildade possível, agradecendo a Deus pela honra se ser servidor público.

Entretanto, fico preocupado com o impacto financeiro que medidas como suspensão de aulas, veto a abertura de cinemas e teatros e restaurantes servindo apenas quentinhas podem ocasionar. 

Sei que as medidas são necessárias para frear o avanço do vírus, não são as medidas em si que critico, o que preocupa são os males financeiros que deverão ocasionar, e ainda sentiremos  o efeito a longo prazo.

O Brasil em particular já vem de anos de uma situação difícil, há muitos desempregados e a coisa não parece boa no horizonte, ainda mais com tantas paralisações de diversas empresas.

Andava preocupado com a saúde econômica do país, agora mais ainda. O jeito é nos prevenirmos e nos prepararmos financeiramente pelo que estar por vir.

A minha preocupação é genuína. O sentimento de empatia me leva a sentir pena de pessoas em situações financeiras desafortunadas.

A pobreza deve ser combatida. Não me levem a mal, desigualdade econômica é algo até benéfico para a sociedade, o problema é a pobreza e não a desigualdade.

Ademais, ainda que eu fosse um canalha egoísta, sei que via de regra nós servidores públicos nada produzimos e dependemos da saúde econômica do setor privado para o beneficio de todos.



Ainda no assunto, aparentemente o processo seletivo para temporários do IBGE foi adiado para 2021. O que é uma verdadeira pena, mas de 200 mil empregos temporários seriam gerados em todo o país, viria a calhar em meio a tanto desemprego. 

Dicas para quem vai ficar em casa

Você foi suspenso do trabalho, não há o que fazer na rua, bares, cinemas e praias interditados, fora que você possui responsabilidade social em se manter excluso.

O que fazer então?

A resposta óbvia é maximizar esse tempo livre.

Como?

Estude, use essa ferramenta incrível que é a internet e estude.

Comece a aprender um idioma novo, estude economia, estude astrofísica, eu não me importo. Se for matéria de concurso ou algo que você possa usar em seu trabalho, ótimo, se não, não faz mal, tudo tem utilidade, tudo te faz enriquecer como pessoa. Bom, quase tudo, porque, pelo amor de Odin, não perca seu tempo debatendo assuntos rasos de politica. 

Outra coisa a fazer é se entreter, mais uma vez, a internet é a ferramenta número um para isso. Minha TV por assinatura me liberou uns canais extras, mas sinceramente, me entretenho mais no Youtube.

Também é interessante procurar trabalhos freelancers que podem ser feitos de casa.

Por fim, tem algo para reparar em casa? Este é o momento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nobres leitores, se eu demorar a responder, é porque provavelmente tô fazendo cosplay de eremita e estudando pra concursos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Aquila non capit muscas